Clientes

Perfil de Cliente - Porto de Nelson Ver Todos »

View the PDF version

Gente Que Move o Mundo: Porto de Nelson

O Porto de Nelson não fica satisfeito apenas em facilitar o crescimento da região; quer ajudar a guiá-la.

De muitas maneiras, o Porto de Nelson não é apenas um negócio na região; é o negócio da região. O porto foi estabelecido em 1840, mais de um ano antes da cidade de Nelson, e tem sido sua porta de entrada para o mundo há mais de 170 anos. É uma responsabilidade que todos que trabalham no porto levam muito a sério.

“O Porto de Nelson já existe há muito tempo como parte da comunidade, tem realmente um ambiente familiar”, diz a especialista em sistemas de negócios, Rosie Horn. "As pessoas importam-se com o que fazem e querem fazer um bom trabalho."

Foi essa cultura forte e a integração com a comunidade local que atraiu Horn de volta a Nelson, depois de vários anos em outra empresa. “(No Porto de Nelson) você pode olhar pela janela e ver navios sendo carregados, caminhões passando e contêineres sendo recolhidos, colocados e carregados ... há coisas reais acontecendo e isso tem impacto direto na região.”

O Porto de Nelson é o maior porto de frutos do mar da Australásia e tem sido parte integrante do sucesso internacional de muitas indústrias locais, incluindo a silvicultura, frutas de caroço (maçãs e peras) e, mais recentemente, vinho.

"É um porto que está crescendo porque temos algumas histórias fantásticas de sucesso regional e muito investimento econômico na região, e nos beneficiamos disso diretamente", diz o gerente geral de desenvolvimento de negócios, Eugene Beneke.

Esse investimento econômico é parte de um plano de redesenvolvimento de NZ$ 32 milhões, que contribuiu para o estabelecimento de uma nova unidade de armazenamento de última geração, com 13.000 metros quadrados, inaugurada no início deste ano, outra instalação de grande porte, um novo rebocador e uma série de outras melhorias que duplicarão a capacidade de armazenagem do porto nos próximos anos.

Além do investimento em infraestrutura, Beneke atribui esse sucesso crescente a dois fatores. “Para nós, a tecnologia está na vanguarda, junto com as pessoas.  Não poderíamos expandir sem uma estrutura de tecnologia robusta e, certamente, não poderíamos oferecer nada a nossos clientes sem uma boa plataforma de tecnologia. ”

Jaron McLeod é o gerente de operações do QuayConnect, a divisão de logística terceirizada (3PL) do Porto de Nelson. Ele diz que a visibilidade e a eficiência baseada em processos que o CargoWise One trouxe possibilita que ele forneça mais aos seus clientes.

“A precisão do registro de inventário é uma questão de vida e morte no setor de 3PL, especialmente porque somos guardiões de produtos de milhões de dólares de outra pessoa. Os clientes tem sede de informações em tempo real ... CargoWise nos permite passar essa informação para eles, num estalar de dedos, sem que tenham de vir até nós. Isso é muito poderoso.

Toda vez que um palete é carregado ou descarregado no porto, os dados são capturados no CargoWise One. Isso graças aos scanners de código de barras portáteis e montados em veículos, que permitem que operadores e gerentes acompanhem o movimento de mercadorias no armazém sem problemas, sem depender de montes de papel. 

"No que diz respeito à mobilidade e aos scanners de código de barras, acho que são absolutamente essenciais, se um armazém quiser dar o próximo salto", diz o operador do QuayConnect, Matthew Loach. “Ter essa rastreabilidade acabou sendo absolutamente chave para nós. Isso coloca-nos em patamar mais elevado do que todos os outros, porque muitas empresas mal saíram do Excel.”

Loach está no QuayConnect desde o primeiro dia e diz que a mudança para o CargoWise One o ajudou a desenvolver novas habilidades e capacidades que podem impulsionar o Porto de Nelson. “A transição de um sistema muito pesado, baseado em papel para um majoritariamente baseado em tecnologia digital funcionou muito bem. Lembro-me dos dias em que andava por aí com uma prancheta para escrever quais paletes estavam chegando. Cresci à medida que o negócio cresceu, e à medida que o CargoWise e a forma como o utilizamos aumentaram.”

O crescimento - para o pessoal, para os negócios e para a região - é um poderoso motivador geral para todos em Port Nelson. Uma série de iniciativas no nível dos funcionários dá a todos os membros da equipe informação sobre o direcionamento da empresa. Uma dessas iniciativas, chamada de programa ASPIRE (Responsabilidade, Segurança, Paixão, Integridade e Honestidade, Respeito e Excelência), garantiu uma forte cultura interna.

“Temos muitas pessoas de longa data no porto, todas muito prestativas e muito apaixonadas pelo que fazem, muito focadas no cliente. Se não tivéssemos as pessoas certas aqui, não conseguiríamos crescer no ritmo que crescemos", diz McCloud.

Eugene Beneke concorda. “Somos um negócio de alto desempenho, temos de ser. (Mas) precisamos ter certeza de que, enquanto empresa, continuamos a crescer, por isso, pessoas certas nas posições certas serão fundamentais para nós. Acho que fazemos isso de forma padrão por causa da nossa cultura. ”

Com um pessoal motivado, trabalhando com tecnologia poderosa, o QuayConnect e o Porto de Nelson estão prontos para dar o próximo passo adiante. Maior visibilidade e foco na padronização já ajudaram o porto a reduzir significativamente seus custos e pegada de carbono; juntando duas cadeias de fornecimento complementares, já economizaram mais de 1.000 viagens de caminhão por ano para clientes da indústria do vinho.

“O modelo de negócio é todo sobre utilização ... a tecnologia desempenha um papel muito importante porque você precisa captar o que aconteceu, falar sobre quais são as tendências, entender onde estão certos pontos de referência. CargoWise conseguiu nos dar isso. Podemos rastrear produtos, podemos entender os níveis de produtividade e montar facilmente um conjunto de dados ou um conjunto de métricas”, diz Beneke

Como parte crítica da infraestrutura da região, o sucesso de Port de Nelson é essencial para as empresas locais. Combinando equipe orientada com o uso efetivo da tecnologia, o futuro de Porto de Nelson e da região que ele atende parece brilhante.

Port Nelson Oferece aos Clientes:

  • Acesso ao Porto Marítimo e de Carga
  • Rastreamento de Carga
  • Serviços de Consolidação de Cargas no Local
  • Serviços de Estiva e Triagem
  • Serviços 3PL e outros

História Anterior de Cliente:

John Good & Son Ltd

Depois de 180 anos no mercado, a John Good Shipping está descobrindo maneiras de equilibrar uma reputação que transcende gerações, com as demandas de uma indústria em rápida evolução.

Próxima História de Cliente:

World Exchange

World Exchange é uma empresa familiar multi-geracional com logística no sangue. Ter visão de futuro e respeito pelo passado levou ao seu sucesso contínuo em uma indústria que muda rapidamente.

  • Américas
  • Austrália & NZ
  • Ásia
  • Europa
  • África